Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2009

Paradoxos

O Eterno entre nós
O Forte, frágil numa cruz
O Homem Deus
O Verbo sem palavras
Segredo revelado
Em mistérios e metáforas
Riqueza insondável
Dentro do meu coração

Aquele que criou
O universo foi gerado
Aquele que se basta
Abandonado se sentiu
O Deus onipotente
Sofre e chora a dor dos seus
O Grande Ausente
É companhia doce e ardente

Deus é a saudade
Em cada povo, raça e tribo
Que está presente
Em cada história, prece e língua
A soma dos desejos
De quem clama ou se cala
O Nome que é sem nome
A quem todos,
Mesmo inconscientes, chamam...

O Deus que olho nenhum viu
No rosto do meu irmão
Verdade inacessível
Na boca de cada um
O Deus que olho nenhum viu
No rosto do meu irmão
O Deus sem braço, perna e cor
Se expressa através de nós

(Márcio Cardoso)

Um poema de Walt Whitman, poeta norte americano.

Alguém pedindo pra ver a alma?
Veja sua própria forma e seu semblante,
Pessoas, bichos, plantas,
Os rios de águas correntes,
as pedras e as areias,
Tudo retém os júbilos do espírito
E os libera a seguir...

Quero fazer poemas das coisas materiais
pois imagino que esses hão de ser
os poemas de mais espiritualidade,
e farei poemas do meu corpo e do que há de mortal,
pois acredito que eles me trarão os poemas
da alma e da imortalidade.

Deus e a Beleza (Rubem Alves)

Tudo o que vive é pulsação do sagrado. As aves dos céus, os lírios dos campos... Até o mais insignificante grilo, no seu cricri rítmico, é uma música do Grande Mistério.
É preciso esquecer os nomes de Deus que as religiões inventaram para encontrá-lo sem nome no assombro da vida.
Reverência pela vida: é a forma mais alta de oração. Sem nome... O nome de Deus não pode ser pronunciado...
Não precisamos dizer o nome "rosa" para sentir seu perfume.
Não precisamos dizer o nome "mel" para sentir sua doçura.
Muitas pessoas que jamais pronunciam o nome de Deus o conhecem como reverência pela vida.
Há pessoas que se sentem religiosas por acreditar em Deus. De que vale isso? Os demônios também acreditam e estremecem ao ouvir seu nome. A pergunta não deveria ser "você acredita em Deus?", mas "você se comove com a beleza?" Deus nunca foi visto por ninguém. Ele se mostra na experiência da beleza.

(do livro "Perguntaram-me se acredito em Deus". Editora Pla…

O ESCÂNDALO DA CRUZ!

“Pregamos a Cristo crucificado, o qual, de fato, é escândalo”. (1Co 1.23)

Uma cena nos Evangelhos que me toca especialmente é o sepultamento de Jesus! José, da cidade de Arimatéia, membro importante do Sinédrio e Nicodemos, um dos fariseus, desceram o corpo morto de Jesus da cruz, enrolaram-no em lençóis de linho com aromas e o depositaram num sepulcro novo em um jardim próximo ao Gólgota.
Que cena comovente! Que experiência carregada de humanidade e paixão! Imagino que um coquetel de sentimentos fervia na chaleira de suas almas...
O que se passava na mente de José de Arimatéia, seguidor de Jesus até então anônimo, ao tomar no colo o corpo desfigurado de Cristo coberto de sangue, pó, suor e lágrimas? E Nicodemos, que ficou com um nó na mente depois do encontro cheio de metáforas com Jesus, o que sentiu quando limpava as feridas de Cristo e o enrolava num lençol de linho? A especulação é infinita, tanto quanto nossa imaginação pode alcançar! É possível que aquele perfume tenha sido uma…