Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2010

Meia Verdade

Toda palavra que diz sobre Deus
Não fala tudo o que quer dizer
Tanta verdade que pensa Deus
É meia-verdade, sempre aquém...

Todos os versos de uma canção
Não saberão dizer seu Nome
Muita ciência não vai definir
O Deus que está pra além de deus

O meu silêncio é minha fé
Em um Ser livre e indomável
Feito pássaro selvagem
Que voa, voa...
Minha oração é minha fé
Que insiste crer que do outro lado
Existe Alguém que me ouve
Ouve, ouve...
E está além das palavras
Para além de um outro lado
Por escolha amorosa
Está dentro de mim!

Com reverência se diz seu Nome
Como quem sabe frágil o saber
E pela graça vai com alegria
Diante dele e o chama de Pai.

Márcio Cardoso


Um nome de Deus

Este desejo em mim que não sossega
É grandeza e não tem nome
Nasceu comigo, mas vem de muitas eras
Atrás da linha do horizonte
Companheira que é saudade
Uma ausência que é presença
Ah, desejo... meu suspiro e devoção

Este desejo em mim que não me larga
Fala muito qual o silêncio
Emudece os meus lábios feito à morte –
O hiato de quem vive –
Parte de mim que já se foi
A metade que não vai
Ah, desejo... meu fôlego e fé

Meu desejo diz mais que palavras
É o melhor da minha oração
Já traduziu o que a letra matou
No meu gemido o Pai discerniu
Ah, desejo... um nome de Deus

Márcio Cardoso